quarta-feira, setembro 26, 2001


Estarão os roteiristas finalmente trabalhando a meu favor!!!??? Será!? Se for verdade, depois eu conto...

* * *

Mudando de assunto: existe coisa melhor do que música de amor? Não necessariamente românticas, mas que nos lembrem algum momento especial e que nos fazem sorrir docemente? Tá, eu sei que existe, mas que as tais musiquinhas são boas isso são. Só existem duas coisas chatas: 1. Quando acaba o lance e você fica mazela cheia de dor de cotovelo quando escuta a tal música; 2. Quando por obra do acaso a música é brega ou cafona. Tipo aquele aguardado beijo, que de tão esperado, você nem se toca que estava tocando SPC no bar.
Isso tudo só para dizer que estou sem música e que, para não correr riscos de cair na breguice, sou agora capaz de forjar situações para que a música seja a que eu quero. Só quem ficou marcado com uma música da Gretchen, como eu, pode entender. Enfim, algumas das músicas que poderiam embalar meus melhores momentos: 1. The Long and Winding Road, Beatles; 2. Black Star, Radiohead; 3. Major Leagues, Pavement; 4. Your Song, aquela mesma do Elton John, só que na voz do Ewan McGreggor (ou do pretê em questão); 5. Glory Box, Portishead; 6. Qualquer uma dos irmãos Gershwin, principalmente na voz de Billie Holiday.

* * *

Lançamento do álbum dos Strokes no Brasil adiado para semana que vem.






terça-feira, setembro 25, 2001


Guaramiranga foi revigorante! Estava mesmo precisando... Apesar de alguns contratempos e algumas caras estranhas para mim (eu nem sei pq, realmente preciso esclarecer isso), muita coisa boa também aconteceu. Surgiram novas amizades (Mauro, que arranjou de grátis o "de dormir" para três amigas desalojadas, inclusive eu), outras se estreitaram. Amigos são sempre bons demais! Não posso esquecer de falar nas caras e bocas, típicas desse tipo de evento, que muito me fizeram rir. Nunca vi tanto "especialista" em teatro! E o mais engraçado é que os tais "especialistas" não viram sequer uma peça. E as outras caras e bocas, essas bem mais interessantes? Tudo de bom também! Saí de lá bem melhor.

PS: Fico devendo as revelações sexuais que o Gil diz que todo blog deve ter.

* * *

É muita falta do que fazer mesmo. Segundo o Dotmusic, depois dos atentados em NYC, o Clear Channel, uma das maiores empresas de rádio dos EUA, com mais de 1.170 retransmissoras em todo o país, lançou no dia 18 uma lista para seus associados que aconselha a não difusão de 150 músicas que possam fazer alguma "analogia com a tragédia". São elas:

AC/DC, "Shot Down In Flames," "Shoot To Thrill," "Dirty Deeds," "Highway To Hell," "Safe In New York City," "TNT," "Hell's Bells"
Ad Libs, "The Boy From New York City"
Alice In Chains, "Rooster," "Sea Of Sorrow," "Down In A Hole," "Them Bone"
Alien Ant Farm, "Smooth Criminal"
Animals, "We Gotta Get Out Of This Place"
Louis Armstrong, "What A Wonderful World"
Bangles, "Walk Like An Egyptian"
Barenaked Ladies, "Falling For The First Time"
Fontella Bass, "Rescue Me"
Beastie Boys, "Sure Shot," "Sabotage"
Beatles, "A Day In The Life," "Lucy In The Sky With Diamonds," "Ticket To Ride," "Obla Di, Obla Da"
Pat Benatar, "Hit Me with Your Best Shot," "Love Is A Battlefield"
Black Sabbath, "War Pigs," "Sabbath Bloody Sabbath," "Suicide Solution"
Blood, Sweat & Tears, "And When I Die"
Blue Oyster Cult, "Burnin' For You"
Boston, "Smokin"
Brooklyn Bridge, "Worst That Could Happen"
Arthur Brown, "Fire"
Jackson Browne, "Doctor My Eyes"
Bush, "Speed Kills"
Chi-Lites, "Have You Seen Her"
Dave Clark Five, "Bits And Pieces"
Petula Clark, "A Sign Of The Times"
The Clash, "Rock The Casbah"
Phil Collins, "In the Air Tonight"
Sam Cooke, "Wonder World"
Creedence Clearwater Revival, "Travelin' Band"
Cult, "Fire Woman"
Bobby Darin, "Mack The Knife"
Skeeter Davis, "End Of The World"
Neil Diamond, "America"
Dio, "Holy Diver"
Doors, "The End"
Drifters, "On Broadway"
Drowning Pool, "Bodies"
Bob Dylan, "Knockin' On Heaven's Door"
Everclear, "Santa Monica"
Shelly Fabares, "Johnny Angel"
Filter, "Hey Man, Nice Shot"
Foo Fighters, "Learn To Fly"
Fuel, "Bad Day"
Peter Gabriel, "When You're Falling"
Gap Band, "You Dropped A Bomb On Me"
Godsmack, "Bad Religion"
Norman Greenbaum, "Spirit In The Sky"
Green Day, "Brain Stew"
Guns 'N' Roses, "Knockin' On Heaven's Door"
Happenings, "See You In September"
Jimi Hendrix, "Hey Joe"
Herman's Hermits, "Wonder World"
Hollies, "He Ain't Heavy, He's My Brother"
Buddy Holly & the Crickets, "That'll Be The Day"
Jan & Dean, "Dead Man's Curve"
Billy Joel, "Only The Good Die Young"
Elton John, "Benny & The Jets," "Daniel," "Rocket Man"
Judas Priest, "Some Heads Are Gonna Roll"
Kansas, "Dust In The Wind"
Carole King, "I Feel The Earth Move"
Korn, "Falling Away From Me"
Lenny Kravitz, "Fly Away";
Led Zeppelin, "Stairway To Heaven"
John Lennon, "Imagine"
Jerry Lee Lewis, "Great Balls Of Fire"
Limp Bizkit, "Break Stuff"
Local H, "Bound For The Floor"
Los Bravos, "Black Is Black"
Lynyrd Skynyrd, "Tuesday's Gone"
Dave Matthews Band, "Crash Into Me"
Paul McCartney & Wings, "Live And Let Die"
Barry McGuire, "Eve Of Destruction"
Don McLean, "American Pie"
Steve Miller, "Jet Airliner"
Megadeth, "Dread And The Fugitive," "Sweating Bullets"
John Mellencamp, "Crumbling Down," "I'm On Fire"
Martha & the Vandellas, "Nowhere To Run," "Dancing In The Streets"
Metallica, "Seek And Destroy," "Harvester Or Sorrow," "Enter Sandman," "Fade To Black"
Alanis Morissette, "Ironic"
Mudvayne, "Death Blooms"
Rick Nelson, "Travelin' Man"
Nena, "99 Luft Balloons/99 Red Balloons"
Nine Inch Nails, "Head Like A Hole"
Oingo Boingo, "Dead Man's Party"
Paper Lace, "The Night Chicago Died"
John Parr, "St. Elmo's Fire"
Peter & Gordon, "I Go To Pieces," "A World Without Love"
Peter, Paul, & Mary, "Blowin' In The Wind," "Leavin' On A Jet Plane"
Tom Petty, "Free Fallin'"
Pink Floyd, "Run Like Hell," "Mother"
P.O.D., "Boom"
Elvis Presley, "(You're The) Devil In Disguise"
Pretenders, "My City Was Gone"
Queen, "Another One Bites The Dust," "Killer Queen"
Rage Against The Machine, todas as músicas
Red Hot Chili Peppers, "Aeroplane," "Under The Bridge"
R.E.M., "It's The End Of The World As We Know It"
Rolling Stones, "Ruby Tuesday"
Mitch Ryder & the Detroit Wheels, "Devil With The Blue Dress"
Saliva, "Click Click Boom"
Santana, "Evil Ways"
Savage Garden, "Crash And Burn"
Simon & Garfunkel, "Bridge Over Troubled Water"
Frank Sinatra, "New York, New York"
Slipknot, "Left Behind," "Wait And Bleed"
Smashing Pumpkins, "Bullet With Butterfly Wings"
Soundgarden, "Blow Up The Outside World," "Fell On Black Days," "Black Hole Sun"
Bruce Springsteen, "I'm On Fire," "Goin' Down," "War"
Edwin Starr, "War"
Steam, "Na Na Na Na Hey Hey"
Cat Stevens, "Peace Train," "Morning Has Broken"
Stone Temple Pilots, "Big Bang Baby," "Dead And Bloated"
Sugar Ray, "Fly"
Surfaris, "Wipeout"
System Of A Down, "Chop Suey!"
Talking Heads, "Burning Down the House"
James Taylor, "Fire And Rain"
Temple Of The Dog, "Say Hello To Heaven"
Third Eye Blind, "Jumper"
Three Degrees, "When Will I See You Again"
3 Doors Down, "Duck and Run"
311, "Down"
Tool, "Intolerance"
Tramps, "Disco Inferno"
U2, "Sunday Bloody Sunday"
Van Halen, "Jump," "Dancing In The Streets"
J. Frank Wilson, "Last Kiss"
Yager & Evans, "In The Year 2525"
Youngbloods, "Get Together"
Zombies, "She's Not There."






sexta-feira, setembro 21, 2001


Belle & Sebastian no Free Jazz! E eu sem grana... E o pior é ter uma passagem para gastar e não poder, porque acabaram-se as passagens para Rio e São Paulo. E o ódio de ter assinado duas revistas medíocres como a Época e a Quem só para ganhar a passagem e não conseguir gastá-la? A passagem mais barata para SP é a da Fly por 560 paus, coisa que eu não tenho, e os ingressos 50 e 70 pilas... Como se não bastasse B&S, ainda tem Fatboy Slim, Grandaddy, Macy Gray... quero nem pensar, meu pai eterno! Ai como eu queria um bico, tirar uma grana extra para ir. Mas tá difícil...

* * *

Guaramiranga, aí vou eu de novo! Um pouco mais controlada dessa vez.






quinta-feira, setembro 20, 2001


Super Stress Day! Assim foi meu dia de ontem. Pela manhã, um entrevistado que se recusava a ser entrevistado: “Esteja na reunião de noite que eu converso com a imprensa”. (Como se eu pudesse estar lá à noite!!!... hahaha!!) O que resultava, portanto, numa matéria atrasada que quase não sai. À tarde, em outro lugar, uma demissão que deixou um clima bem pesado, além de uma chamada da chefinha em cima de mim. No ambiente, a volta dos que não foram totalmente e ainda perturbam, e ao telefone, o sumiço de quem disse que ia ligar (e eu esperava! Burra ou inocente?). Tudo isso entremeado por cólicas menstruais e espinhas teimosas no rosto.

* * *

Um poema que eu já havia lido em outra ocasião. Os fatos recentes me fizeram lembrar de Drummond, mas o livro era emprestado e eu não o sabia decorado. Mas outras pessoas o conhecem e têm o livro. Coincidentemente (ou não), recebi por e-mail o tal poema de duas pessoas que nada têm a ver uma com a outra e nem se conhecem, mas que também se lembraram dele. À primeira vista pode parecer um pouco óbvio, mas nem é tanto, é bem mais do que NYC. Lendo dá para entender...


Elegia

Trabalhas sem alegria para um mundo caduco,
onde as formas e as ações não encerram nenhum
exemplo.
Praticas laboriosamente os gestos universais,
sentes calor e frio, falta de dinheiro, fome e
desejo sexual.

Heróis enchem os parques da cidade em que te
arrastas,
e preconizam a virtude, a renúncia, o sangue-frio, a
concepção.
À noite, se neblina, abrem guarda-chuvas de bronze
ou se recolhem aos volumes de sinistras bibliotecas.

Amas a noite pelo poder de aniquilamento que encerra
e sabes que, dormindo, os problemas te dispensam de
morrer.
Mas o terrível despertar prova a existência da
Grande Máquina
e te repõe, pequenino, em face de indecifráveis
palmeiras.

Caminhas entre mortos e com eles conversas
sobre coisas do tempo futuro e negócios do espírito.
A literatura estragou tuas melhores horas de amor.
Ao telefone perdeste muito, muitíssimo tempo de
semear.

Coração orgulhoso, tens pressa de confessar a tua
derrota
e adiar para outro século a felicidade coletiva.
Aceitas a chuva, a guerra, o desemprego e a injusta
distribuição
porque não podes, sozinho, dinamitar a ilha de
Manhattan.

Carlos Drummond de Andrade, in Sentimento do Mundo, 1938








quarta-feira, setembro 19, 2001


A idéia de escrever um blog surgiu no fim de semana numa calçada de Guaramiranga, onde três amigos se sentaram para detonar um garrafão de São Bráz. Blogueira assumidíssima, Taís explicou detalhadamente o que era um blog, para que servia e o que isso acrescentaria à minha vida. Até aquela noite, essa história de blog me parecia muito estranha. Como assim um diário na Internet!? Diário não era aquela espécie de caderno, onde a gente escrevia nossos ingênuos segredos e depois trancava com chave pra ninguém ler? E que depois se transformou na gorda e pesada agenda com mil bugingangas presas por clips de plástico colorido, onde anotávamos nossos segredos já não tão ingênuos? Ah, a velha simplificação e o conhecido senso comum! Depois de ler alguns blogs de amigos, entendi o que é, para que serve, o que traz de útil, etc etc etc e tal. Quer dizer, espero que tenha entendido, já que, como eu disse, tudo começou num papo de bebo... Após essa pequena explicação do início da minha vida blogueira (interrompida por um pequeno momento Mofo), vou ficando por aqui, ouvindo Candy, do Iggy Pop.






on-line





eu e meu ego

fotolog

band-aid, prozac e outros paliativos
bem doida
only in my dreams
the underfellas

diário do nordeste
underweb

misskoltrane@yahoo.com.br


só blog de cinema!

alta fidelidade
anomia
aterro
baby blue
bandini says
biozine
biscoito fino
blah blah blog
blogfolio
brusk
cafajeste auto-ajuda
campo minado
canção para despertar sophia
consultório psiquiátrico
contando estrelas
control c
demasiado humano
devil's haircut
dom de iludir
dona do amor
ecletiquices
ela ainda ela
elefante branco
elkablog
escreve-escreve
espelho de aline
eyes wide shut
fabrikarla
faniquito
final do parágrafo
flows
fofysland
freakzoide
gabriel ramalho
glamourosa
grapete
guabiras
hálito de virgem
hoje só amanhã
homem é tudo palhaço
iced peep
imperfeita
instante anterior
inverno
kibe loco
lanis
let forever be
lid
lila na batera
lingualguma
magra de ruim
malpiktor
mário aragão
mellotron
memórias
mental
meu iaiá, meu ioiô
middle of yesterday
mim quer falar
modelo e atriz
momento num café
mondubim
monoglota
moshi moshi
não vá se perder
navegar impreciso
noise 3d
novas palavras
numa caixinha azul
observando
palavras na areia
palíndromo
parede
passo que se apressa
pausa para interrupção
pensar enlouquece
pirão sem dono
projeto paralelo
punk rocker
qualquer bobagem
quintanares
reciclável
rita prado
schnickschnack
sobre o invisível
sorvete de casquinho
sou concreta, mas não marginal
stereo hi-fi
sunshine mabel
surrealismo dos atos
sweetie dreams
tem alguém aí?
te pego lá fora
thais jardim
the clara beauty journal
titereando
todos os dias
uodoborogodó
vento negro
waking life
welcome to skyvalley
where the story ends


sempre que posso

alternatividade
autobahn
b*scene
drops magazine
la photographie de mode
london burning
masters of photography
mundo perfeito
revista bala
revista zero
spam zine
supersexies
velotrol
02neurônio


headphone

abba, a-ha, aimee mann, air, aretha franklin, atari teenage riot, beatles, beck, belle and sebastian, ben folds five, billie holiday, bjork, blondie, blur, breeders, b-52's, cansei de ser sexy, cardigans, cat power, chico buarque, clash, cure, daft punk, david bowie, depeche mode, duran duran, echo & the bunnymen, elastica, ella fitzgerald, elton john, erasure, eric clapton, fatboy slim, fiona apple, garbage, gomez, gorillaz, grandaddy, guided by voices, hole, hoover, human league, iggy pop, ira!, jackson 5, joy division, john coltrane, leonard cohen, liz phair, looper, los hermanos, lou reed, madonna, manic street preachers, marvin gaye, muffs, new order, nick cave, nirvana, oasis, otis reading, patti smith, pavement, pixies, pj harvey, placebo, police, portishead, primal scream, pulp, queen, radiohead, ramones, red hot chilli peppers, rem, rolling stones, roy orbison, sex pistols, smashing pumpkins, smiths, sonic youth, stevie wonder, stone roses, stooges, strokes, suede, teenage fanclub, tori amos, travis, u2, velvet underground, verve, violent femmes, weezer, white stripes, who, yo la tengo, zwan


Beatles

Coldplay

Elliot Smith Belle and Sebastian

Smiths Cardigans

New Order

Ladytron David Bowie

Blur Smashing Pumpkins

Strokes

White Stripes Muse

Weezer Garbage

Radiohead

PJ Harvey Fiona Apple
Rufus Wainwright


Breakfast at Tiffany's

Magnolia




Powered By Blogger TM


Imagem: /popdesign



Setembro 2001 Outubro 2001 Novembro 2001 Dezembro 2001 Janeiro 2002 Fevereiro 2002 Março 2002 Abril 2002 Maio 2002 Junho 2002 Julho 2002 Agosto 2002 Setembro 2002 Outubro 2002 Novembro 2002 Dezembro 2002 Janeiro 2003 Fevereiro 2003 Maio 2003 Junho 2003 Julho 2003 Agosto 2003 Setembro 2003 Outubro 2003 Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005

Home